publicidade
Oposição e situação dividem cadeiras da Câmara
Cada grupo político elegeu seis vereadores cada; prefeito eleito, Prado de Lima começa em situação mais indefinida que Bel
Oposição e situação dividem cadeiras da Câmara
LEGISLATIVO - Câmara Municipal de Lençóis terá sete vereadores experientes e cinco estreantes na próxima legislatura - Foto: Divulgação
A pequena diferença de votos que marcou a eleições de Anderson Prado de Lima (Rede) como o novo prefeito de Lençóis Paulista – ele teve 1022 votos a mais que José Antonio Marise – também se refletiu na Câmara Municipal. Diferente da eleição de 2012, quando o grupo político da prefeita Bel Lorenzetti conseguiu eleger oito dos 12 vereadores, Prado de Lima terá um Poder Legislativo dividido. Tanto situação – que agora são os vereadores eleitos na coligação majoritária de Prado de Lima - quanto oposição conseguiram eleger seis parlamentares.
Esse, ao menos, é o panorama recém-saído das urnas do domingo (2). A eleição do próximo presidente da Câmara Municipal, portanto, vai ganhar ainda mais importância por determinar qual grupo terá o controle da pauta de votações e também o controle administrativo da nova Casa de Leis.
Apesar de dividir as cadeiras em números, os vereadores que se elegeram pelo grupo do novo prefeito eleito mostraram força. Dos seis parlamentares mais votados, quatro são de partidos que apoiaram Prado de Lima. Sendo que três deles – Ailton Tipó Laurindo (1.755 votos), Mirna Justo (1.424 votos) e Chico Naves (1.251 votos) foram os mais votados. Os seis vereadores da nova situação receberam 6.729 votos, já os vereadores ligados ao grupo da atual prefeita Bel Lorenzetti obtiveram 4.807.
O número de partidos com representatividade na próxima legislatura também será maior do que a que iniciou o atual mandato. Em 2012, seis partidos fizeram vereadores: PSDB (5), PV (2), PR (2), SDD (1), PROS (1) e DEM (1). Essa configuração mudou bastante, pois diversos vereadores trocaram de sigla, de olho nas eleições desse ano. A próxima Casa Leis terá sete partidos com representantes. São eles: PMDB (3), PSDB (3), PPS (1), Rede (1), PV (1), PR (1) e PDT (1).
Como se pode ver, apesar do PSDB ter perdido dois representes, afinal Chico Naves deixou o PSDB e foi para o PDT o vereador José Santana, o Dodô, não conseguiu se reeleger, o partido ainda é a maior força da Câmara ao lado do PMDB que também tem três vereadores.
RENOVAÇÃO
Outro aspecto que é possível analisar a partir do resultado da eleição de domingo na questão de vereador foi a renovação da Câmara. Embora numericamente a renovação tenha sido grande, porque das 12 cadeiras apenas cinco serão ocupadas por vereadores que se reelegeram, ou seja, uma renovação de 58,33%, o número de vagas disponíveis para ‘novatos’ logo de cara era grande.
Afinal, Prado de Lima desistiu de ser candidato a vereador para disputar o cargo majoritário. Já os vereadores Humberto Pita, José Bento de Oliveira, o Coroné Bentinho e Emerson Coneglian, não disputaram a reeleição. Portanto, das 12 cadeiras, quatro já estavam automaticamente à disposição para novos ocupantes.
Além disso, dos oito vereadores que disputaram a reeleição, cinco conseguiram se garantir. Ou seja, dos vereadores que disputaram a reeleição, 62% obtiveram êxito. Apenas Jonadabe José de Souza, que teve 460 votos, Junior Ticianelli, que teve 605 votos e Dodô Santana, que teve 295 votos não conseguiram se reeleger. Isso mostra claramente que a renovação na Câmara, dos cargos que estavam efetivamente em disputa, não foi tão grande como se imagina. Além disso, dos vereadores ‘novos’, ou seja que não estavam na última legislatura, dois já estiveram sentados nas cadeiras da Câmara. São eles, o radialista João Miguel (PDT), que teve 601 votos e Tupã (PR) que teve 639 votos.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia