Altair indica Carlos Lima para comandar transição
Lima trabalhou na área de finanças de Agudos nos dois mandatos de Carlão e no primeiro de Everton
Altair indica Carlos Lima para comandar transição
FUTURO - O prefeito eleito Altair Francisco com sua esposa Elisângela; Ele anunciou Carlos Lima para comandar transição - Foto: Vitor Godinho
O prefeito eleito de Agudos, Altair Francisco da Silva (PRB), em entrevista exclusiva ao jornal O ECO, anunciou Carlos Lima como seu representante para comandar o processo de transição de governo junto ao atual prefeito Everton Octaviani (PMDB). Lima foi secretario de finanças nos dois mandatos do ex-prefeito Carlos Octaviani e também no primeiro do atual prefeito. Nos últimos quatro anos, Lima auxiliou Mané Frias, na gestão financeira de Borebi.
“Ele é formado em direito, tem muito conhecimento na área contábil também, já trabalhou no governo, foi financeiro nosso na gestão do Carlos Octaviani e também no primeiro governo do atual prefeito. Neste último mandato ele trabalhou na prefeitura de Borebi. O Lima é uma pessoa de muita credibilidade e capacidade e foi por isso que eu o escolhi para comandar esse processo”, explicou Altair.
O prefeito eleito afirma que além das características de Lima, o escolheu porque ele realmente conhece profundamente a administração pública. “E hoje ele conhece até mais (do que antigamente) porque ele conhece um pouco mais a fundo a parte contábil. Porque quando você sai de uma cidade um pouco maior e assumi uma secretaria numa cidade menor, como é o caso de Borebi, você acaba sendo operacional, entra nos detalhes de cada processo. Então hoje ele com certeza sabe mais do que sabia antes”, completa.
Altair disse ainda que além de trabalhar na montagem do governo, e escolha dos nomes, o que ele disse que vai fazer sem pressa, também está buscando recursos para o próximo ano. “O que eu estou procurando agora é buscar nas secretarias do Estado de São Paulo o que eles tem de recursos e programas disponíveis, para poder já encaminhar pedidos e inserir o município nesses programas. Em custeio, Agudos praticamente caminha sozinha, mas para investimentos é importante buscar acesso aos recursos do Estado e da União. Então é isso que eu estou fazendo”, frisa.
“Na quarta-feira (19) eu fui para Brasília e fiquei até quinta. Voltei com uma expectativa muito boa. Diversos deputados se prontificaram em fazer emendas e intervir junto aos Ministérios, porque existem projetos que são interessantes e que podem direcionar recursos para as cidades”, declarou o prefeito eleito. “Não quero dizer para quais área eu pedi recursos para não criar uma expectativa. Precisamos esperar isso se confirmar para só então anunciar”, completa.
 
PLANOS
Dentro os projetos defendidos pelo futuro prefeito, e que fizeram parte de sua campanha, estão a implantação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no hospital da cidade, a criação de um parque ecológico e cumprimento do Plano Diretor. “Como Bauru não tem comportando a demanda por vagas na UTI, queremos viabilizar a implantação de leitos em Agudos. Outra coisa que seria interessante e a implantação do Parque Ecológico. Nós ainda estamos estudando qual seria a melhor área, já temos algumas em mente, para poder conseguir recursos para isso. Outra coisa é implantar gradativamente o Plano Diretor. Ele foi elaborado pela Unesp em 2004 pela Unesp e que é referência bibliográfica para o país, só que ele não foi executado. Primeiramente, precisamos modular esse plano, dividir, e elaborar os projetos de execução por módulos, porque ele é muito extenso e caro”, declarou.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia