Publicidade
Publicidade
Publicidade
SAAE inicia perfuração do poço do Ubirama
Capacidade de produção é estimada em três milhões de litros de água por dia; obra faz parte de setorização do abastecimento
SAAE inicia perfuração do poço do Ubirama
OBRA – Poço do Jardim Ubirama começou a ser perfurado; setorização do abastecimento ajudou no episódio da enchente, diz Marise (foto: Divulgação)
A perfuração do poço do Jardim Ubirama começou nesta semana. Esta etapa deve durar cerca de 40 dias e está sendo executada pela empresa Vodaoil Serviços de Petróleo por R$ 941.406,28, bem abaixo da estimativa inicial que era de R$ 1,3 milhão. Na manhã da segunda-feira (15), a empresa finalizava a perfuração de solo e dava início a perfuração em rocha basáltica, que demora mais tempo.
O diretor do SAAE, José Antonio Marise, ressalta que o novo poço faz parte do processo de setorização da distribuição da água iniciado há cinco anos em Lençóis Paulista. “A setorização na produção e distribuição de água provou no episódio da enchente que foi uma decisão correta porque hoje não dependemos 100% da ETA (Estação de Tratamento de Água). Atualmente, 55% da água consumida em Lençóis vêm dos poços profundos”, explica. A ETA capta a água no Rio Lençóis e foi alagada durante a enchente que assolou Lençóis Paulista no dia 13 de janeiro. O restabelecimento do abastecimento aconteceu no dia 17 daquele mês. 
O poço do Ubirama é o quarto a ser perfurado neste projeto do SAAE de setorização na produção de água. Os outros três – Caju, Príncipe e Nações – já estão em operação.
O poço do Jardim Ubirama está sendo construído no final da Rua Marechal Dutra, nos fundos da EMEF Prof.ª Lina Bosi Canova. A previsão é de que a capacidade de produção seja de 150 mil litros por hora, o que representa cerca de 3 milhões de litros por dia.
“Daqui a 120 dias nós vamos colocar mais três milhões de litros de água na rede que abastece os bairros Ubirama, Parque Antártica e toda a região acima da Avenida Padre Salústio Rodrigues Machado. E o melhor - vamos ter uma reserva de 1,6 milhão de litros de água, já que o reservatório em operação comporta 600 mil litros e o novo tem capacidade para 1 milhão de litros de água”, explica Marise.
A expectativa é de que a água no novo poço do Jardim Ubirama entre na rede de distribuição até junho deste ano. Outras obras civis também serão executadas como a construção do reservatório, das instalações elétricas e da casa de química, onde a água recebe a adição de flúor e cloro. O valor total a ser investido é estimado em R$ 2,5 milhões, sendo que o preço pode cair por conta da disputa no processo licitatório.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia