Publicidade
Publicidade
Publicidade
Após debates, Prefeitura abre inscrições para auxílio-transporte
Benefício será concedido a estudantes universitários com renda familiar de até cinco salários mínimos
Após debates, Prefeitura abre inscrições para auxílio-transporte
AUXÍLIO - Alunos terão que entregar documentos na Assistência Social até o dia 18; fique atento para não perder prazo -
Depois de mais de um mês de muito debate, reuniões, cálculos e recálculos, a questão do auxílio-transporte aos estudantes universitários de Lençóis Paulista enfim teve uma definição concreta. Na manhã de ontem (11), a Prefeitura Municipal emitiu, por meio de sua assessoria de comunicação, uma nota comunicando que o benefício será pago este ano, porém, destacando que será possível "atender os estudantes oferecendo um benefício parcial".
Segundo a nota, os R$ 200 mil destinados ao benefício no orçamento deste ano, devem receber reforço de R$ 400 mil: R$ 300 provenientes da economia prevista pela Câmara Municipal este ano e R$ 100 mil remanejados de outras áreas da administração. O que totaliza R$ 600 mil.
A medida não soluciona por completo o problema, mas contribui para minimizar o impacto financeiro aos que necessitam do auxílio-transporte. Em princípio, considerando que a demanda revelada pelo levantamento feito pela Prefeitura no mês passado, foi de pouco mais de 600 estudantes, o valor máximo destinado mensalmente a cada um será de R$ 100.
A prefeita Bel Lorenzetti (PSDB) explica que esse valor ainda não está fechado e pode ser eventualmente maior ou menor, dependendo da quantidade de pessoas aptas a receber o auxílio, porém diz que a realidade não deve ser muito diferente desta. "Isso está significando um esforço muito grande, em um ano que estamos com muitas dificuldades. É um valor que pode dar um certo alívio aos estudantes e que está dentro da nossa realidade. Considero uma forma equilibrada de resolver o assunto. Temos que destacar também que isso é fruto de dialogo. Se não houvesse o diálogo entre estudantes e administração, entre Executivo e Legislativo, não teríamos mudado nada da realidade inicial", completa.
Como os valores referentes à previsão de economia da Câmara, na prática, só devem estar disponíveis no final do ano, nos primeiros meses quem deve arcar com as despesas do auxílio transporte é a Prefeitura. O presidente do Legislativo, Anderson Prado de Lima, disse que a devolução do montante economizado pelos vereadores talvez possa ser antecipada para setembro, mas não acredita que o montante deva ser superior aos R$ 300 mil que já se comprometeu a devolver aos cofre públicos.
"Essa é a nossa previsão de economia. É a margem de segurança com que estamos trabalhando. Não há condições de haver uma economia maior. R$ 300 mil ´w o que eu posso dizer com certeza que a Câmara irá economizar. Se esta economia for maior, certamente será repassada à Prefeitura", ressalta.
 
Inscrições seguem os mesmos procedimentos dos anos anteriores
Com a definição sobre o assunto, os estudantes que necessitam do auxílio devem efetuar o cadastro até a próxima sexta-feira (18) no site da Prefeitura Municipal (www.lencoispaulista.sp.gov.br). A ferramenta está disponível na aba Cidadão, no canto superior esquerdo da página. É necessário ter em mãos o número do Cartão Cidadão Municipal  e os documentos pessoais. Os estudantes que realizaram a pré-inscrição no mês passado podem acessar o sistema e alterar as informações, se necessário. Caso contrário, basta imprimir o requerimento.
Após a realização do cadastro, o protocolo do requerimento e a entrega da documentação necessária para comprovação da condição de estudante e da renda familiar também devem ser feitos até o dia 18, na Diretoria de Assistência e Promoção Social, na Rua Sete de Setembro, 934, no Centro (entre a Casa da Cultura e a agência dos Correios). O horário de atendimento é das 8h30 as 16h30 (sem intervalo).
É importante que os dados sejam preenchidos corretamente e, se possível, que toda a documentação necessária seja entregue. Tais cuidados agilizam o processo de análise e evitam que os pedidos sejam indeferidos.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia