Publicidade
Publicidade
Publicidade
Foragida da justiça é presa com documentos falsos
PM de Lençóis descobriu que mulher tinha mandado de prisão decretado pela justiça de Dourados, no Mato Grosso do Sul
Uma mulher que estava foragida da justiça do Mato Grosso do Sul foi presa nesta quarta-feira (9) em Lençóis Paulista. Ela foi detida no Maestro Júlio Ferrari com diversos documentos falsos. 
De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe da Rocam estava fazendo patrulhamento quando abordou M.D. em uma motocicleta. Ao ser indagado ele disse que morava no Júlio Ferrari e que estava sem os documentos. Eles desconfiaram e acompanharam homem até sua casa para que ele apresentasse os documentos.
Ao chegar na casa, a mulher do suspeito apresentou um R.G. com o nome de Juliana Alexandre de Oliveira. No entanto, o homem havia falado que o nome de sua mulher era Patrícia. M.D. tentou justificar dizendo que ele havia se confundido e que Patrícia era o nome de sua ex-mulher. Os policiais então pediram para ver a certidão de nascimento da criança e descobriram que ela estava registrada no nome de M.D. e Patrícia.
Juliana então confessou que era procurada pela justiça da cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul e que havia achado um título de eleitor da Patrícia e que, através de uma pesquisa na internet descobriu o número do R.G e CPF, tirou segunda via dos documentos e os usou para dar entrada na maternidade e também para registar a criança que nasceu em Lençóis.
Diante dos fatos, a mulher foi levada para a delegacia, presa e encaminhada para a penitenciária feminina de Pirajuí.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia