Publicidade
Publicidade
Publicidade
Prefeitura de Macatuba formaliza compra da área para novo cemitério
Imóvel foi adquirido por R$ 150 mil, valor indicado por especilistas do mercado
Prefeitura de Macatuba formaliza compra da área para novo cemitério
Odete Artioli Oliveira, representante dos proprietários da área, assina contrato de venda (foto:divulgação)
Na manhã desta quinta-feira, dia 17 de março, o prefeito Tarcisio Abel e a professora aposentada Odete Artioli Oliveira (representando os proprietários) formalizaram a transação de compra e venda da área de terra onde será implantado o novo cemitério municipal de Macatuba. Além da transferência das escrituras de posse, foi efetuado o pagamento pela aquisição do imóvel avaliado por especialistas do mercado imobiliário em R$ 150 mil.
“Nosso objetivo com esta compra e com o projeto de implantação do novo cemitério é planejar o futuro de Macatuba. É de conhecimento público que o cemitério atual está perto do seu limite de capacidade para novos sepultamentos. A nova área é bem maior que o cemitério atual, o que deixa esta questão resolvida pelos próximos cem anos. Estamos tratando agora de uma decisão importante para todas as famílias do município não apenas para o nosso tempo, mas também para as gerações que estão por vir”, avaliou o prefeito.
A área adquirida pela Prefeitura fica próxima e acessível ao perímetro urbano, à distância de 400 metros do asfalto da estrada da Jurema. “Diversos fatores técnicos e legais nos levaram à decisão de compra desta área. O valor pago pela terra está estritamente dentro da avaliação do mercado imobiliário local, cuja avaliação foi aferida por engenheiro credenciado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. A terra tem topografia plana, é próxima ao perímetro urbano, oferece o acesso é fácil e seguro, pois os cortejos fúnebres não precisarão transpor a rodovia. Teremos uma avenida de acesso com espaço para estacionamento de veículos. Estes e inúmeros outros fatores favorecem a aquisição da propriedade indicada”, complementou o prefeito macatubense.(informações da assessoria de imprensa)
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia