Publicidade
Publicidade
Publicidade
Após pressão, vereadores revogam aumento nos próprios salários
Aumento de 10,32% dado na segunda foi cancelado hoje em sessão extraordinária após repercussão negativa de matéria de O ECO
Após pressão, vereadores revogam aumento nos próprios salários
Após pressão popular nas redes sociais vereadores revogaram aumento nos próprios salários em sessão extraordinária (foto: Tiago Moreno/ O ECO)
Em sessão extraordinária, convocada às pressas hoje e realizada às 11h30, os vereadores da Câmara Municipal de Lençóis Paulista cancelaram o aumento de 10,36% nos próprios vencimentos que havia sido aprovado há 4 dias, na sessão de segunda-feira, 14.
A decisão ocorre após matéria publicada pelo jornal O ECO na quarta-feira que gerou forte repercussão nas redes sociais. Muitos lençoenses criticaram o reajuste diante da fortecrise econômica que o Brasil enfrenta e que também reflete em Lençóis Paulista.
Em breve discurso, o presidente Anderson Prado de Lima (Rede) defendeu a Casa de Leis, disse que ela é transparente e que seus vereadores não tem medo de volta atrás numa decisão que não agrada o cidadão lençoense. “Esta Casa é sensível à população e, mesmo tendo feito tudo estritamente dentro da lei, não tem problema algum em voltar atrás” – disse.
Além do presidente, estiveram presentes à sessão os vereadores Andre Paccola Sasso, o Cagarete (PSDB), Francisco de Assis Naves (PDT), Junior Ticienelli (DEM), Humberto José Pita (PR), Jonadabe José de Souza (SDD), Dodô Santana (PSDB), José Pedro de Oliveira, o Bentinho (PR), Manoel dos Santos Silva, o Manezinho (PSDB) e Nardeli da Silva (PMDB).
Os vereadores Ailton Tipó Laurindo (PMDB) e Emerson Carrit Coneglian (PSDB) não puderam comparecer a sessão, mas justificaram suas ausências. Segundo o presidente, os dois disseram ser favoráveis ao projeto de lei que revogou o ajuste.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia