Publicidade
Publicidade
Publicidade
Macatuba e Agudos encenam amanhã Paixão de Cristo
Programação religiosa da Semana Santa teve início no Domingo de Ramos e termina dia 27 com a Páscoa
Macatuba e Agudos encenam amanhã Paixão de Cristo
EMOÇÃO - Últimos momentos de Jesus serão representados em Macatuba e Agudos - (Foto: Divulgação)
Mantendo a tradição de décadas, as vizinhas cidades de Macatuba e Agudos realizam hoje, Sexta-feira Santa, a encenação da Paixão de Cristo. Além das encenações que as paróquias realizam na própria igreja matriz, as encenações de Agudos e Macatuba se destacam na beleza e elaboração.
Em Macatuba, o grupo idealizado pelo falecido padre José Corsini no início da década de 1970, vai representar a Via Sacra pelo 46º ano consecutivo, com a participação de cerca de 150 atores e figurantes, sob a coordenação da dona Doralice Artioli, que participa da organização desde a primeira encenação.
Este ano, o papel de Jesus Cristo será vivido pela primeira vez por Osmar Aparecido Paludetto, de 43 anos. Ele, que participa da encenação há 31 anos e nos últimos 12 representou o papel de Judas, diz estar muito emocionado com o momento e que a fé tem ajudado muito na preparação.
“Me sito abençoado, tocado pelo Senhor, que tem me dado muita inspiração para representar os últimos momentos de Jesus. Estou me preparando muito, física e espiritualmente para tentar passa ao público toda a emoção do momento. Emoção que estou sentindo desde os primeiros ensaios”, revela.
O grupo de fiéis macatubenses já está ensaiando há cerca de 40 dias. Hoje, a encenação tem início às 16h.
 
AGUDOS
Em Agudos, a encenação da morte e ressurreição de Cristo será realizada pelo 32º ano consecutivo pelos fiéis da comunidade São Pedro da paróquia Santo Antônio. Este ano, a dramatização deve contar com a participação de mais de 60 atores e figurantes. Alguns, inclusive, participam desde a primeira vez, em 1985.
De acordo com Luiz Carlos de Paula, um dos organizadores, a apresentação, que hoje é abrilhantada por um a série de efeitos especiais, sonoplastia e iluminação, começou de forma bem rústica. A apresentação começa às 18h na Praça do Sol, onde será representada a condenação de Cristo. 
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia