Publicidade
Publicidade
Publicidade
Governo libera reforma das escolas Vera Braga e Malatrasi em Lençóis
Recursos ultrapassam os R$ 640 mil; obras não terão contrapartida da Prefeitura
Governo libera reforma das escolas Vera Braga e Malatrasi em Lençóis
EM BOA HORA - Maior contemplada, escola Vera Braga vai receber recursos de cerca de R$ 500 mil (Foto: O ECO)
Na mesma viagem que fez à capital paulista na segunda-feira (11), para a assinatura do convênio com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), o prefeito Anderson Prado de Lima (PSB), em audiência com o secretário de Educação do Estado de São Paulo, João Cury Neto, garantiu a liberação de mais de R$ 640 mil para a reforma de duas escolas estaduais de Lençóis Paulista: as escolas Vera Braga Franco Giacomini e Antonieta Grassi Malatrasi, localizadas na Cecap e na Vila Mamedina, respectivamente.
De acordo com informações obtidas pela reportagem, durante o encontro, o secretário João Cury, que é ex-prefeito de Botucatu, recebeu um documento detalhando as péssimas condições das instalações de todas as escolas estaduais de Lençóis Paulista, nas quais foram feitos levantamentos sobre as principais urgências e necessidades. Segundo o prefeito, o trabalho teve a participação da vereadora e professora Diusaleia Furlan (Rede), que indicou as escolas contempladas como prioridade.
De acordo com os documentos, a escola Antonieta Grassi Malatrasi vai receber recursos na ordem de R$ 143 mil; já a escola Vera Braga será contemplada com R$ 499 mil. Os recursos são provenientes da Fundação Para o Desenvolvimento da Educação (FDE). As obras não compreendem contrapartidas por parte do município. “As duas escolas estaduais realmente estão precisando de obras. No caso do Malatrasi o recurso será usado para a reforma de um telhado; já no Vera Braga a reforma será mais ampla e vai atender a várias demandas”, explica o prefeito.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia