Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lençóis registra o segundo casos suspeito de H1N1
Paciente, de 59 anos foi removido para Bauru e os resultados dos exames dos dois casos ainda não são conhecidos
Lençóis tem o seu segundo caso suspeito da grupa HINI. Trata-se de um homem de 59 anos, que deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e foi transferido para Bauru. A exemplo do que aconteceu na semana passada com a paciente de 67 anos, que esteve internada e já recebeu alta, as amostras do novo caso foram encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz para a análise e confirmação. Até o momento, informa a Diretoria de Saúde do Município, ainda não chegaram os resultados. 
A estrutura de saúde pública do Município está toda mobilizada para a identificação dos possíveis casos da gripe. A população é orientada a adotar os cuidados básicos para evitar a possível contaminação (evitar reuniões, manter hábitos de higiene, entre outros) e as equipes da vigilância sanitária e serviços de emergência se mantêm em estado de alerta para o atendimento da forma mais rápida aos atingidos pelo mal. 
DENGUE
A Diretoria de Saúde também divulgou o balanço dos casos de dengue relativos a 2016. Até o momento ocorreram 83 notificações, das quais 49 os exames revelaram negativas, 18 aguardam resultados, e 16 foram positivas. Dos casos positivos, 9 são autóctones (contraídos no próprio município) e os outros sete são importados. A população é alertada a  continuar a adotar os cuidados com o mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia