Publicidade
Publicidade
Publicidade
Macatuba gerou 30 novos empregos em fevereiro
Dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho
Enquanto o País e o Estado de São Paulo anunciam aumento das demissões e do desemprego, Macatuba se destaca no cenário regional por gerar 30 novos postos de trabalho no mês de fevereiro. A boa notícia vem das estatísticas do Ministério do Trabalho, que monitora mês a mês o cadastro de empregados e desempregados no diversos setores da economia. Os dados são referentes ao mês de fevereiro, o último divulgado pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho.
Assim como todos os municípios brasileiros, Macatuba sente os efeitos de uma crise econômica sem precedentes. O mau humor do mercado nacional atinge a todos, mas alguns setores mostram reação. É o caso do agronegócio em Macatuba (23 novas vagas em fevereiro), da indústria de transformação (dez novas vagas) e do setor de prestação de serviços (sete novas vagas). Sentiram os efeitos fortes da crise a construção civil (seis vagas fechadas em fevereiro) e o comércio local (quatro vagas fechadas em fevereiro).
Macatuba havia fechado o mês de janeiro com saldo negativo de 11 vagas. O desempenho de fevereiro ajudou a minimizar as perdas para o trabalhador local e, no acumulado do primeiro bimestre (janeiro e fevereiro), o saldo do emprego formal no município está positivo em 19 postos de trabalho.
O prefeito Tarcisio Abel comentou as estatísticas do Ministério do Trabalho. “O papel da Prefeitura neste contexto não é o de gerar empregos diretamente, mas de induzir e estimular o mercado de trabalho. Estamos fazendo isso em muitas ações locais, como a oferta de diversos cursos gratuitos e de qualidade para capacitação profissional através do CEMP (Centro Municipal de Formação Profissional), do incentivo e fortalecimento dos pequenos negócios no município, do apoio estratégico para implantação do ramal do gasoduto, entre outras iniciativas já consolidadas. São ações da administração municipal que impactam positivamente na vida das empresas e dos empreendedores de Macatuba, que são os geradores dos empregos”, analisou.
Drama nacional e estadual
De acordo com os dados do Caged, trabalhadores do Brasil e do Estado de São Paulo sofrem com o fechamento dos postos de emprego em todas as regiões. Com mais de 104,5 mil novos desempregados no país, o desemprego nacional avançou 0,26% no mês de fevereiro. O Estado de São Paulo seguiu a tendência nacional e fechou 22,1 mil postos de trabalho em fevereiro, aumento de 0,18% no desemprego. Segundo o jornal O Estado de São Paulo (edição de 9 de abril), o Brasil tem hoje cerca de 10 milhões de trabalhadores fora do mercado. “É uma dura realidade sobre as famílias brasileiras, mas não nos deixemos desanimar. Da nossa parte, vamos arregaçando as mangas e buscando inovações na criatividade para que o resultado seja bom para a população”, finalizou Tarcisio.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia