Publicidade
Publicidade
Publicidade
Grêmio Cecap vence de virada e fatura título em cima do Palestra
Equipe alviverde teve dois jogadores expulsos; partida terminou em confusão generalizada entre as equipes
Grêmio Cecap vence de virada e fatura título em cima do Palestra
FESTA - Jogadores do Grêmio Cecap comemoram a conquista inédita no Bregão - (Foto: Elton Laud/O ECO)
Palestra e Grêmio Cecap corresponderam às expectativas das cerca de 500 pessoas que compareceram ao Estádio Municipal Archangelo Brega, o Bregão, no último domingo (1º), e protagonizaram um confronto digno de decisão de título, na final da 10ª edição da Copa Lençóis de Futebol Amador.
Teria sido perfeito se o embate que se viu dentro de campo durante os 90 minutos de jogo tivesse terminado com o apito final, porém uma confusão generalizada envolvendo diversos jogadores, membros das diretorias e torcedores das duas equipes ofuscou o brilho do clássico, que terminou com o Grêmio Cecap vencendo de virada, por 2 a 1, conquistando de forma invicta o seu primeiro título da competição e voltando a levantar uma taça depois de três anos de jejum (o último havia sido na Copa O ECO de 2013).
Ao final do confronto, o técnico do Grêmio Cecap Clóvis Gino Pereira, o Mosca, lamentou o ocorrido, mas comemorou bastante o seu primeiro título com o time azul e branco. “O espetáculo foi bonito, pena que terminou desta forma. O pessoal estava de cabeça quente, mas já passou, agora é hora de comemorar. O time todo está de parabéns. Desde o momento em que eu cheguei à equipe no ano passado a gente vinha trabalhando forte. O grupo sempre esteve muito unido, determinado e esta conquista é mais que merecida. Saímos daqui hoje mais fortalecidos para as competições que teremos pela frente”, destacou.
O JOGO
O Palestra começou melhor no jogo, chegando com mais perigo à meta do goleiro Lucas Hosti, do Grêmio Cecap, mas deixou a desejar nas finalizações e pela falta de objetividade perdeu a chance de construir um resultado favorável ainda na primeira etapa. O Grêmio Cecap também teve chance de abrir o marcador, mas causou muito menos incômodo a Vaguinho, o goleiro palestrino.
O segundo tempo começou quente e, logo no início, ainda com o placar empatado em 0 a 0, o Palestra ficou com um jogador a menos, após a expulsão do zagueiro Paulo Vaz, que levou vermelho direto por uma entrada dura em um jogador do Grêmio Cecap.
Com a desvantagem numérica, a equipe alviverde conseguiu manter um ritmo forte por algum tempo e até saiu na frente, com um gol marcado por Matheus Gattaz aos 30 minutos, mas o Grêmio Cecap pressionou e chegou ao empate pouco tempo depois, com Gilmar Barros.
Aos 43 minutos, quando o jogo parecia se encaminhar para o empate, o capitão palestrino, Fabiano dos Anjos, cometeu pênalti em um contra-ataque do Grêmio Cecap e também acabou expulso. O meia Jeferson Roda converteu a cobrança colocando sua equipe na frente e se igualando a Josimar Gonçalves do Palestra na artilharia da competição, com nove gols.
Nos minutos finais o Palestra pressionou para tentar levar a decisão para os pênaltis, mas com dois jogadores a menos não teve chance de reverter o placar.
Apesar do clima tenso do final da partida, as equipes cumpriram o protocolo e se reuniram no gramado para a cerimônia de premiação. Além do título, o Grêmio Cecap garantiu outros dois troféus. Os goleiros Lucas Hosti e Robson Rosa receberam o troféu de defesa menos vazada (quatro gols sofridos), o meia Jeferson Roda recebeu o troféu de artilheiro ao lado do atacante Josimar Gonçalves do Palestra (ambos marcaram nove gols).
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia