Publicidade
Publicidade
Publicidade
Postos da região recebem segundo lote da vacina
Segundo secretarias de saúde, quantidade enviada foi insuficiente e acabou no primeiro dia
Postos da região recebem segundo lote da vacina
Vacinação – Devido a grande demanda, vacina se esgotou no sábado, primeiro dia da campanha - (Foto: Divulgação)
O primeiro lote da vacina acabou logo no primeiro dia da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe na região. A informação vem das secretarias de saúde das cidades onde circula O ECO. Em Lençóis Paulista, as 5 mil doses se esgotaram no final da tarde de sábado. Em Agudos, a unidade central teve que buscar vacinas de outras unidades devido a grande demanda. Em Macatuba, segundo informações da prefeitura, as unidades não foram fechadas, mas todas as doses recebidas foram utilizadas. Nesta semana, todas as cidades estavam buscando junto a Diretoria Regional de Saúde novas unidades da vacina para seguir com a imunização.
A Diretoria de Saúde de Lençóis Paulista informou que já pediu novo lote, com pelo menos outras 5 mil doses, que deveria estar disponível a partir desta terça-feira (3) em todas as unidades de saúde do município.
“A responsabilidade pela vacinação é do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde. Nosso pedido inicial à DRS foi de 15 mil doses, para cobertura dos grupos de risco e das pessoas com comorbidade”, reforça o diretor de Saúde de Lençóis Paulista, Márcio Caneppele Santarém. “De início, a Diretoria Regional de Saúde e Secretaria de Estado, haviam disponibilizado 600 doses para Lençóis Paulista, para realização do dia D. Houve um pedido da Diretoria Municipal de Lençóis Paulista e nós conseguimos a ampliação em 5 mil doses para este sábado, mesmo assim não foi suficiente”, completa.
Segundo relatório da Diretoria Regional de Saúde enviado ao Grupo de Vigilância Epidemiológica, os grupos de risco a serem imunizados (gestantes, puérperas, crianças menores de cinco anos, trabalhadores da saúde e idosos) compreendem uma população de 12.763 pessoas. Não estão contabilizadas as pessoas com doenças crônicas. Para esse grupo, é necessário a apresentação de carta ou receita médica que comprove a comorbidade. Já a vacina para os trabalhadores da saúde compreende médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e resgatistas.
Para atendimento à população, todas as unidades de saúde de Lençóis Paulista foram abertas no último sábado, totalizando 11 postos de vacinação. Em cada unidade, foram disponibilizadas duas salas para a imunização, sendo uma para crianças e outra para os adultos. Na sala dos adultos, a vacinação era feita simultaneamente em duas pessoas, por isso, o tempo de espera foi curto.
GERAL
Embora ofício enviado pela Secretaria de Estado recomendasse que até o dia 9 de maio a imunização fosse concentrada somente nas crianças, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde, idosos e doentes crônicos que procuraram as unidades de saúde no último sábado foram atendidos normalmente.
Esse fato irritou uma moradora que ligou no jornal O ECO para reclamar. “No jornal estava falando que não ia vacinar idosos neste sábado, só no dia 9. Eu fui até o posto para perguntar e percebi que estavam vacinando os idosos. Então voltei para pegar minha mãe e quando retornei para o posto já não tinha mais vacina. Achei que isso foi errado. Agora quero saber se deve esperar o dia ou novo ou já posso levar minha mãe”, reclama a moradora que não quis se identificar.
Segundo a assessoria de comunicação da diretoria de Saúde, todas as pessoas que fazem parte do grupo de risco (gestantes, puérperas, crianças menores de cinco anos, trabalhadores da saúde e idosos) serão vacinadas. 
 
Macatuba vacina 40% da meta no Sábado
Segundo a assessoria de comunicação de Macatuba, foram vacinadas 1.485 pessoas no sábado (30) Dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A quantidade equivale a 40% do público alvo da campanha que, no caso de Macatuba, foi estipulado em 3300 pelo Ministério da Saúde. Todas as vacinas recebidas foram aplicadas. Assim como nas outras cidades da região todas as doses recebidas nesse primeiro lote, foram utilizadas.
No sábado, 1.485 delas já receberam sua dose da vacina, sendo 37% dos idosos, 57% das crianças, 37% das gestantes, 41% das puérperas e 65% dos trabalhadores da saúde. O município deve receber na próxima quinta-feira mais um lote da vacina para dar sequência na programação de imunização da população. Este ano, o Ministério da Saúde decidiu antecipar a campanha vacinação contra a influenza e dividiu a ação em três etapas.
Na 1ª etapa, a partir do dia 30 de abril, serão vacinadas crianças entre 6 meses a menores de 5 anos de idade, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas e indígenas. Na 2ª etapa, a partir do dia 9 de maio, serão vacinadas pessoas idosas, com 60 anos ou mais de idade. A 3ª etapa, a partir do dia 16 de maio, prevê vacinar as pessoas com comorbidades e reclusos.
Agudos
Em Agudos, a prefeitura informou que chegou a faltar vacina no Posto de Saúde Central, mas a equipe de saúde buscou as doses em outras unidades com menor demanda. Assim como nas outras cidades, todas as doses disponibilizadas neste primeiro lote (3 mil doses), também se esgotaram no primeiro dia
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia