Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ascana recebe estudantes em estande na Facilpa
Alunos de quintas séries e universitários vão ter oportunidade de saber um pouco mais sobre o setor canavieiro
A Ascana (Associação dos Plantadores de Cana do Médio Tietê) oferece uma programação educativa no estande que está montado na Facilpa. Serão atendidos alunos das escolas municipais, universitários da Facol e também mulheres que atuam no setor canavieiro. Na noite de ontem, a Associação recebeu a visita do secretário de Agricultura do Estado e deputado federal licenciado, Arnaldo Jardim, produtores de cana, políticos e convidados.
Entre os dias 9 e 13 de maio, segunda a sexta-feira da próxima semana, os alunos do quinto ano das escolas Esperança de Oliveira, Edwaldo Bianchini, Eliza Pereira de Barros e Irma Carrit participam de palestras que vão levar informações sobre a cultura canavieira, meio ambiente e preservação da água. As palestras serão ministradas por técnicos da Ascana e de empresas parceiras.
Na segunda-feira 9, Antonio Marino Coneglian, da CETMA, vai falar sobre “Cana-de-açúcar e seus defensores naturais” para os alunos da escola Esperança de Oliveira. Na terça, o tema é “Preservação ambiental na microbacia do Rio Lençóis” e está a cargo dos técnicos da Zilor, Gilberto Alves dos Santos e Walter Sarno, que vão falar para uma turma da escola Edwaldo Bianchini. A outra turma será recebida na quarta-feira 11 pela bióloga do SAAE, Milena Guirado Coneglian, que vai falar sobre “Água e Trabalho”. A quinta está reservada para os alunos da escola Eliza Pereira de Barros. O técnico da Ascana, Adirso Miranda, vai falar sobre ‘Cana-de-açúcar e meio ambiente”. Fechando a programação, Orlando de Pietro Neto, da DuPont, leva informações aos alunos da escola Irma Carrit sobre “Projeto DuPont Natureza”.
A noite da segunda-feira 9 está reservada para uma palestra direcionada as mulheres que trabalham no campo e está a cargo da enfermeira do trabalho, Joselita Varasquim, da Ambiental, em parceria com a DuPont. Os universitários da Facol, do curso de Bioenergia e Gestão Ambiental, serão recebidos na noite da terça-feira por técnicos das empresas C4 Científica, CTC e Geocom para saber um pouco mais sobre o uso das novas tecnologias no setor canavieiro.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia