Publicidade
Publicidade
Publicidade
Jovens recebem tratamento odontológico gratuito em Macatuba
Pela quarta vez, a Turma do Bem se une para recuperar a saúde bucal de milhares de adolescentes carentes
Jovens recebem tratamento odontológico gratuito em Macatuba
SAÚDE BUCAL - Dra. Thamara Alberconi durante triagem realizada em Macatuba dia 28 de abril - (Foto: Divulgação)
No último 28 de abril, data em que se comemora o Dia Mundial do Sorriso, o programa Dentista do Bem, da OSCIP Turma do Bem, selecionou centenas de jovens de baixa renda para receber tratamento odontológico gratuito. Foi realizada a quarta edição da Maior Triagem Odontológica do Mundo. A ação, resultado da parceria entre Oral-B e Turma do Bem, aconteceu simultaneamente em mais de 300 munícipios do Brasil, outros 10 países da América Latina e Portugal. 
O objetivo do evento é identificar adolescentes de baixa renda de 11 a 17 anos, que necessitam de tratamento odontológico e proporcionar-lhes qualidade de vida por meio do acesso à saúde bucal. “Um adolescente que não tem possibilidade de ir ao dentista e de cuidar da boca, será um adulto infeliz. Isto porque quem sente dor não estuda, não brinca, não consegue um bom emprego, não beija na boca e se afasta dos amigos. O acesso à saúde bucal de qualidade faz com que esses jovens sejam incluídos novamente na sociedade”, afirma a coordenadora regional voluntário do projeto Dentista do Bem de Lençóis Paulista, Dra. Elizandra Paccola Moretto de Almeida.
No Brasil, segundo o Conselho Federal de Odontologia (CFO), 20 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista e 68% não sabem que têm direito a tratamento odontológico público. Além disso, de acordo com dados da Oral-B, o consumo médio de escova de dentes no Brasil é de 1,9 escovas/ano* – muito distante da recomendação de 4 escovas/ano, respeitando-se a orientação de troca a cada 3 meses, por questões de higiene e razões funcionais.
O processo de triagem é simples, rápido e não invasivo: o dentista faz um exame visual da condição bucal de cada jovem e preenche uma ficha com dados sobre a saúde bucal e a condição socioeconômica da família.
Após a triagem, é elaborado um dossiê de cada criança e adolescente com a ficha de avaliação, uma cópia do comprovante de residência e a autorização dos pais ou responsáveis para que o tratamento seja realizado. A seleção é feita por meio da aplicação de um índice de prioridade, que beneficia as crianças e os adolescentes mais pobres, com problemas bucais mais graves e os mais velhos, que estão mais próximos do primeiro emprego. Cada selecionado recebe uma carta com o nome e o endereço do dentista voluntário que será responsável pelo seu tratamento; para facilitar o acesso, a TdB encaminha o beneficiário para o consultório mais próximo da sua residência.
Os dentistas voluntários atendem, em seus próprios consultórios, as crianças e os adolescentes selecionados até eles completarem 18 anos. Curativo, preventivo e educativo, o tratamento é totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia, próteses e implantes, por exemplo.
Em Lençóis Paulista, o projeto Dentista do bem conta com 38 dentistas voluntários. São eles: Amauri Antonio Bornello, Ana Maria de Oliveira Lima Leite Vaz, Angela Marcia Mattos Jacon, Alexandre Rayes (3D Radiologia), Barbara de Moraes Malavasi, Bárbara Lini Boberg, César Costa Brosco, Cibele Gomes Sanches (Areiópolis), Elenice Aparecida de Arruda, Elizandra Paccola Moretto Almeida, Fabiana Chiquito Lopes, Fernanda Pachelli Dutra, Flávia Cristina Ortega Athanázio, Flavia Regina de Oliveira, Gabriel Chiquito Minutti, Gabriela de Souza Freitas, Gisele Viana Alves Rocha Capobianco, Gustavo Henrique Marquizeppe, Gustavo Silva Siecola, Inez Aparecida Flores da Costa, Isabela Cristina Andriotti, Luana Cassia da Silva, Luciana Maria da Silva Cortez, Luciene dos Santos Chaves, Magda Ghirotti Brega Ming, Maria Fernanda Soares de Oliveira, Maria Lucia Chiquito Minutti, Mateus Prado de Lima, Miguel Jorge Buttros, Milena F. Sanches Trecenti, Paulo Donizete Trabaquini (Radiodoctor), Raquel Fortes Ferrari, Samuel Oliveira Frias (3D Radiologia), Silvia Amélia C. Lorenzetti Stoppa, Taisa Regina Conti, Tatyane Cristina Grandi Fantini, Vanessa Stanghini e Wilson Luis Salvador Junior.  
E agora, está sendo iniciado o projeto também na cidade de Macatuba, com a Coordenação da Dra. Thamara Alberconi, e a ajuda dentista Ana Clara Bornello. 
Na última quinta-feira, foi realizada a primeira triagem na cidade de Macatuba, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes – Transformação. Foram avaliadas 24 crianças pela Dra. Thamara Alberconi.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia