Publicidade
Publicidade
Publicidade
Saúde de Macatuba já recolheu 2,6 mil pneus neste ano
No ano passado, foram recolhidos 4.357 pneus de carro, moto, caminhão e bicicleta
Saúde de Macatuba já recolheu 2,6 mil pneus neste ano
MACATUBA - O serviço recolheu 4.357 pneus de diversos tipos, tais como pneus de carro, caminhão, moto, bicicleta, caminhonete - (Foto: Divulgação)
A equipe de Controle de Vetores, da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Macatuba, divulgou o balanço de recolhimento de pneus inservíveis nos primeiros meses deste ano. Desde o início do ano, 2.670 pneus inservíveis gerados no município foram recolhidos e destinados para reciclagem. No ano passado, o serviço recolheu 4.357 pneus de diversos tipos, tais como pneus de carro, caminhão, moto, bicicleta, caminhonete. A coleta programada é feita pela equipe em de borrachas, oficinas e até mesmo nos domicílios macatubenses.
A ação é permanente em Macatuba, com os objetivos de contribuir para o desenvolvimento sustentável, evitar o descarte irregular de pneus no meio ambiente, promover a qualidade de vida da comunidade e - o principal - eliminar potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.
A Prefeitura de Macatuba tem parceria com as empresas Reciclanip e Policarpo Reciclagem para dar destinação correta ao material recolhido. Todos os pneus inservíveis gerados no município são armazenados no ponto de coleta até atingirem carga suficiente para serem destinados às empresas de reciclagem. O serviço de Controle de Vetores também mantém parceria com as borracharias locais. Os pneus acumulados pelas empresas locais são destinados periodicamente ao ponto de coleta. A Prefeitura também recolhe pneus encontrados expostos e aqueles que os moradores armazenam em suas casas sem uso. Todo material recolhido é armazenado em local protegido da chuva, na antiga cerâmica Savane (que fica aberto todas as terças-feiras para entrega de material).
Serviço – O telefone do Controle de Vetores em Macatuba é (14) 3298 9923.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia