Inscrições para casas da CDHU seguem até o dia 13 em Macatuba
Todo o processo é realizado pela internet; Centro de Apoio auxilia famílias com dificuldade para efetuar cadastro
Inscrições para casas da CDHU seguem até o dia 13 em Macatuba
AUXÍLIO - Centro de Apoio montado no Ginásio de Esportes Brasilio Artioli funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30 (Foto: Divulgação)
As inscrições on-line para o sorteio das 162 casas populares que estão sendo construídas na vizinha cidade de Macatuba, através de convênio firmado pela Prefeitura Municipal com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), seguem até a próxima quarta-feira (13). Os interessados devem se cadastrar pelo site www.cdhu.sp.gov.br ou por meio do aplicativo Kaizala, disponível gratuitamente para download nas lojas App Store e Play Store.
Para concorrer às casas é preciso ser maior de idade, morar ou trabalhar em Macatuba há pelo menos cinco anos e ter renda familiar bruta de um salário-mínimo federal (RS 1.045) até dez salários-mínimos estaduais (R$ 11.635,50). O candidato ou cônjuge não podem ter imóvel no nome. Quem estiver inscrito no Cadin (Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados do Setor Público) não pode participar, mas não há restrições quanto ao Serasa ou SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).
No ato da inscrição, é necessário informar o nome completo, data de nascimento, RG, CPF, renda familiar bruta mensal, endereço completo, além de endereço de e-mail e número de telefone celular ativos. Para auxiliar as famílias que tenham dificuldade para se inscrever, a Prefeitura Municipal de Macatuba montou um Centro de Apoio no Ginásio de Esportes Brasilio Artioli. Todo o processo está sob coordenação da secretária de Assistência Social, Emília Damasceno.
“O processo envolve a inscrição, na qual auxiliamos os candidatos, o sorteio e, em seguida, a convocação dos inscritos para que os mesmos levem a documentação para a CDHU analisar”, destaca a secretária, que reforça que é importante que as pessoas que forem até o Centro de Apoio usem máscaras e sigam as regras de distanciamento e demais orientações de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). O local funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30.
Em Lençóis Paulista, processo das 200 casas ainda está em tramitação
Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista aguarda novidades sobre o andamento do projeto para a implantação de 200 casas populares ao lado do Jardim Ibaté, também por meio de parceria com a CDHU. O processo está em andamento, mas foi afetado pelas paralisações decorrentes da pandemia do novo coronavírus. A documentação aguarda aprovação dos órgãos competentes. O próximo passo será a definição do cronograma das obras e divulgação do prazo para o sorteio. 
Segundo Ana Paula Balsi Góes, coordenadora da Secretaria de Convênios e Captação de Recursos, os trabalhos da CDHU foram retomados na semana passada e a expectativa é que o projeto tenha andamento nos próximos dias. “Todo o processo é feito pelo Governo do Estado de São Paulo. No que dependia do município, toda documentação já foi enviada e aprovada. Agora é aguardar as tratativas técnicas da CDHU”, revela a coordenadora.
O convênio entre Prefeitura Municipal e CDHU foi assinado pelo prefeito Anderson Prado de Lima (DEM) em junho de 2018. Inicialmente, a parceria tratou da liberação dos recursos para a execução do trabalho de sondagem do solo (necessária para a determinação do projeto de fundação das residências), além da elaboração dos projetos básicos, executivos e de aprovação, bem como o registro do loteamento. O conjunto habitacional deve ter terrenos de 160 metros quadrados (8 m x 20 m).
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia