Regina Duarte deixa secretaria especial da Cultura
Após processo de 'fritura', Bolsonaro muda a atriz de cargo
Regina Duarte deixa secretaria especial da Cultura
EX-SECRETÁRIA - Regina Duarte será designada a comandar a Cinemateca Brasileira (Foto: Pin it/Divulgação)
A atriz Regina Duarte não é mais secretária especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Um dia depois de almoçar com um dos nomes cotados para assumir o cargo, o ator Mário Frias, o presidente confirmou hoje (20) o remanejamento da artista de 73 anos.
Ela será designada para comandar a Cinemateca Brasileira, com sede em São Paulo. Bolsonaro afirmou nesta manhã que Regina estava com saudade da família e que a mudança seria para o "bem" dela, em respeito ao "passado" da atriz — que encerrou um contrato de mais de 50 anos com a TV Globo para virar secretária — e "por tudo o que representa para todos nós".
Fonte: Com informações de UOL
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia