Publicidade
Publicidade
Publicidade
Região celebra Corpus Christi com missas e procissões
Paróquias de Lençóis, Agudos e Macatuba recebem doações de fraldas e alimentos como gesto concreto
Região celebra Corpus Christi com missas e procissões
Em Lençóis Paulista, as ruas não serão enfeitadas este ano, mas o Santuário Nossa Senhora da Piedade - (Foto: Arquivo/ O ECO)
Instituído pelo Papa Urbano IV no ano de 126 D.C., o Corpus Christi é um dos acontecimentos mais importantes da Igreja Católica, que todos os anos, na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade - em alusão à quinta-feira santa, quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia - celebra o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. No Brasil, a partir da cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais, os fiéis iniciaram o hábito de enfeitar as ruas por onde passa a procissão com serragem, prática que se repete em diversas localidades até os dias de hoje.
Em Lençóis Paulista, as ruas não serão enfeitadas este ano, mas o Santuário Nossa Senhora da Piedade e as demais paróquias (Nossa Senhora Aparecida, São José, São Pedro e São Paulo, Cristo Ressuscitado e pró-paróquia de São Joaquim e Sant'Ana) celebram o Corpus Christi, a partir das 17h de amanhã (26), com missa solene seguida de procissão eucarística pelo entorno das igrejas. Como gesto concreto, os fiéis podem fazer a doação de fraldas geriátricas nos respectivos escritórios paroquiais. 
Em Agudos, a missa de Corpus Christi será celebrada a partir das 16h, na Praça Tiradentes, de onde os fiéis seguem em procissão com o Santíssimo Sacramento até a Paróquia São Paulo Apóstolo. Todo o trajeto será enfeitado com serragem. A paróquia de Santo Antonio não realiza procissão, mas celebra missa solene às 19h30. Como gesto concreto, os fiéis também podem fazer a doação de fraldas geriátricas nos escritórios paroquiais.
Em Macatuba, a partir das 16h, a paróquia Santo Antônio celebra a missa solene, seguida de procissão pelas ruas do entorno da igreja matriz, que estarão enfeitadas com materiais recicláveis, alimentos e fraldas, que estão sendo arrecadados no escritório paroquial como gesto concreto e serão destinados ao hospital e famílias carentes da cidade.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia