Publicidade
Publicidade
Publicidade
Operação de combate ao tráfico prende dois
Jovens foram presos no Jardim Primavera; na região, segundo Deinter-4, 27 pessoas foram presas
Operação das policias Civil e Militar com apoio do Canil de Bauru, prendeu duas pessoas na manhã desta segunda-feira (30) em Lençóis Paulista acusadas de tráfico de drogas.
Segundo informações do investigador José Augusto Oller e do sargento Azevedo, que comanda uma das equipes da Força Tática, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nos Jardins Veneza e Primavera.
Na primeira residência, nada de ilícito foi localizado, mas em duas residências do Jardim Primavera, uma em frente a outra, as policias encontraram maconha, crack, cocaína, dinheiro do tráfico e celular. 
J.F.E. e R.M.A., ambos de 21 anos, foram presos em flagrante. Segundo os policiais, há algum tempo as polícias vinham recebendo denúncias de que os locais eram pontos de tráfico de drogas. 
Encaminhados à Delegacia de Polícia, os dois jovens permaneceram à disposição da Justiça e seriam transferidos para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Bauru.
A atuação de campo (operação) deflagrada na manhã de ontem (31) resultou em 10 prisões em flagrante e cumprimento de 17 mandatos de prisão na região contra o tráfico de drogas e porte ilegal de armas.
Segundo o delegado Marcos Mourão, titular do Deinter-4 Bauru, os municípios que receberam a ação foram Bauru, Lençóis Paulista, Agudos, Arealva, Cabrália Paulista, Duartina, Iacanga, Pederneiras, Pirajuí e Ubirajara.
Os dez flagrantes foram distribuídos por Lençóis (4), Bauru (5) e Cabrália (1).Os 17 mandados de prisão foram cumpridos em diversas cidades da região. A polícia prendeu um autor de homicídio, além de acusados de roubo em Bauru.
Segundo informações da polícia, foram contabilizados quatro flagrantes em Lençóis Paulista, já que foram consideradas as prisões de uma mulher pela receptação de um televisor semana passada e um jovem apreendido com peças de motocicleta furtada em Lençóis Paulista. Os dois pagaram fiança e foram liberados para responder os crimes de receptação em liberdade.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia