Publicidade
Publicidade
Publicidade
Pedágio fica mais caro na região
Tarifa subiu 9,32% e já custa R% 5,40 em Agudos e R$ 5,50 em Areiópolis
Pedágio fica mais caro na região
Desde ontem (1º de julho), as tarifas de pedágio das rodovias estaduais paulistas estão reajustadas em 9,32%, de acordo com a inflação. O reajuste é baseado no IPCA (Índice de Preços do Consumidor Amplo) acumulado dos últimos 12 meses, de acordo com o estipulado nos contratos de concessão das rodovias. 
Por conta desse aumento, a passagem do veículo de passeio no pedágio da rodovia Marechal Rondon, em Agudos, subiu de R$ 4,90 para R$ 5,40, na praça de Areiópolis, foi de R$ 5 para R$ 5,50 e na de Botucatu de R$ 4,50  para R$ 4,90. 
No pedágio de Jau, na SP 225, ao lado do Rio Tietê, a tarifa passou de 9,70 para R$ 10,40, em Dois Córregos de R$ 7,50 para R$ 8,10, em Brotas de R$ 6,50 para R$ 7,00, em Piratininga, de R$ 4,40 para R$ 5,30 e em Santa Cruz do Rio Pardo, de R$ 4,60 para R$ 5,10. Na SP-255, entre a Castello Branco e Avaré, de 5,70 pra R$ 6,20. 
Segundo a Artep (Agência Reguladora do Transporte no Estado de São Paulo), no ano de 2015, a receita dos pedágios possibilitou investimentos de R$ 4,7 bilhões em obras, manutenção e operação dos 6,4 mil quilômetros de rodovias estaduais paulistas sob concessão. 
Isso, a visão oficial, melhorou o tráfego e a segurança do usuário, fazendo com que 19 das 29 melhores rodovias do Brasil estejam no estado de São Paulo, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte. 
Além disso, R$ 451,7 milhões foram repassados para 264 prefeituras relativos ao ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) que inside sobre a tarifa de pedágio. Essa verba pode ser utilizada pelas administrações municipais para investimento nas prioridades urbanas. 
TRANSORTE SUBURBANO
O sistema intermunicipal de transporte de passageiros também passa a ter novo valor a partir da zero hora do dia 5 (terça-feira). O percentual de reajuste será de 9,56%. Esse índice representa a recomposição dos custos operacionais do sistema, que considera variações de diversos itens como o diesel, que teve aumento de 10,28%, além do reajuste de 9,33% dos salários dos funcionários das empresas operadoras. Outro componente é o preço dos ônibus suburbanos e rodoviários novos, que sofreram aumento de 16,23% e 22,32%, respectivamente.
Até ontem, a agência local do Expresso de Prata, que faz as linhás intermunicipais entre Lençóis Paulista, Agudos, Areiópolis, Bauru e Macatuba, ainda não havia recebido os valores das novas tarifas.
 
Confira o aumento do pedágio na região
RODOVIA KM Cidade Antes Novo
Marechal Rondon 314 Agudos R$ 4,90 R$ 5,40
Marechal Rondon 285 Areiópolis R$ 5 R$ 5,50
Marechal Rondon 259 Botucatu R$ 4,50 R$ 4,90
Castelo Branco 208 Itatinga R$ 11,30 R$ 12,30
Castelo Branco 158 Quadra R$ 11,30 R$ 12,30
Castelo Branco 111 Boituva R$ 8,20 R$ 9
Castelo Branco 74 Itu R$ 10 R$ 10,80
Castelo Branco 20 Barueri R$ 3,70 R$ 4
João Batista Rennó 106 Piratininga R$ 4,90 R$ 5,30
João Bastista Rennó 300 Rio Pardo R$ 4,60 R$ 5,10
João Batista Rennó 14 Ourinhos R$ 5,70 R$ 6,20
Paulo Romano 106 Brotas R$ 6,40 R$ 7
Paulo Romano 144 Dois Córregos R$ 7,40 R$ 8,10
Paulo Romano 199 Jaú R$ 9,50 R$ 10,40
 
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
  • + Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia