Publicidade
Publicidade
Publicidade
Cidade se prepara para receber a Tocha Olímpica
Evento, que acontece no próximo domingo (17) terá a participação de grupos de teatro, música e dança locais, bandas marciais
Cidade se prepara para receber a Tocha Olímpica
Faltando 27 dias para os Jogos Olímpicos e pouco menos de dois meses para os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, que serão realizados entre os dias 5 e 21 de agosto e 7 e 18 de setembro, respectivamente, o país vive a expectativa de receber o maior evento esportivo do mundo pela primeira vez.
A grande maioria dos brasileiros só deve acompanhar a competição pela televisão e internet, mas os habitantes de um seleto grupo de cidades já tiveram ou ainda terão a oportunidade de acompanhar ao vivo o mais simbólico dos cerimoniais presentes nos Jogos: o revezamento da tocha olímpica. 
Em Lençóis Paulista, que foi uma das 327 cidades selecionadas, o comitê organizador local, com apoio das Diretorias de Educação, Cultura e Esportes e Recreação do município prepara uma grande festa para receber o evento, que acontece no próximo domingo (17).
Segundo o diretor de Cultura, Nilceu Bernardo, por volta das 16h40, a tocha olímpica chegará à cidade pela Avenida Padre Salústio Rodrigues Machado e será recepcionada na praça do Ginásio Municipal de Esportes Antonio Lorenzetti Filho (Tonicão) pela Banda Jovem da Casa da Cultura Prof.ª Maria Bove Coneglian.
De lá o comboio segue pela Rua Dr. Antônio Tedesco até a Praça Comendador José Zillo (Concha Acústica), onde acontece uma série de apresentações com a participação dos grupos de teatro e dança da Casa da Cultura, bandas marciais das escolas municipais Idalina Canova de Barros, Lina Bosi Canova, Guiomar Fortunata Coneglian Borcat e Philomena Briquesi Boso, banda marcial Zillo Lorenzetti e grupo de ginástica rítmica das escolas Idalina e Lina Bosi.
Após essa pausa, que deve ser de aproximadamente 15 minutos, o revezamento continua pela Rua Geraldo Pereira de Barros, passando pela frente do jornal O ECO, e segue até a Rua Manoel Amâncio, de onde desce até a Rua 15 de Novembro e inicia a parte fina do percurso descendo pela contramão até o Parque do Paradão, onde acontece a cerimônia de despedida do fogo olímpico com a participação da Orquestra de Maracatu Maculelê da Casa da Cultura.
Durante o percurso de aproximadamente 2,6 quilômetros, cerca de 400 alunos da rede municipal de ensino estarão uniformizados formando um cordão humano para saudar a tocha olímpica.
CONDUTORES
O revezamento da tocha olímpica em Lençóis Paulista terá a participação de 14 condutores selecionados pelo Comitê Rio 2016, a partir de inscrições realizadas nos sites dos patrocinadores do evento - Bradesco, Coca-Cola e Nissan -, indicações dos municípios e das empresas apoiadoras - Correios, Net/Claro e Latam Airlines -. Em contato com as assessorias de imprensa do Comitê Organizador, empresas envolvidas e Prefeitura Municipal, o jornal O ECO teve acesso ao nome de 11 dos 14 condutores - três estão sendo mantidos em sigilo -. A reportagem não conseguiu contato com dois dos selecionados: Juraci Boza e Marcelo dos Reis Avelar. Veja abaixo quem são os outros nove.
ROTA
A tocha olímpica foi acesa no dia 21 de abril na cidade grega de Olímpia e chegou em Brasília no dia 3 de maio. Em cerca de dois meses já foram percorridas - até hoje (9) - 216 das 327 cidades. Lençóis será o 251º ponto de parada. O revezamento chega ao Rio de Janeiro no dia 4 de agosto, mas a pira olímpica será acesa apenas no dia 5, durante a cerimônia de abertura dos Jogos, no Maracanã. Clique aqui para ver o percurso que ela fará por Lençóis Paulista
FIQUE SABENDO
Por volta das 16h do dia 17 de julho a tocha olímpica chega a Lençóis Paulista
O revezamento tem início às 16h40 na praça do ginásio Tonicão
O Comitê Organizador selecionou 14 pessoas para conduzi-la pelas ruas da cidade
O trajeto será de aproximadamente 2,6 km até o Parque do Paradão
CONHEÇA OS CONDUTORES REVELADOS ATÉ O MOMENTO
 
Eder Pires de Camargo, 43 anos
É lençoense, mas há dez anos mora em Ilha Solteira, onde atua como professor universitário na Unesp. Foi indicado pela Prefeitura Municipal.
FRASE
“É muito emocionante porque são poucos os brasileiros que estão tendo está oportunidade. São 12 mil em um universo de 200 milhões. Eu particularmente não esperava ser escolhido. As Olimpíadas emergem em um contexto de paz, pois o esporte representa a integração mundial entre os povos. Conduzir a tocha é como representar por um momento essa paz. Me sinto privilegiado”
Diusaléia Oliver, 38 anos
É lençoense e atua como professora, coordenadora pedagógica da Apae e para-atleta da Adefilp. Foi indicada pela Prefeitura Municipal.
FRASE
“Estou muito feliz. Não vejo a hora de chegar o dia do evento. Eu, como deficiente física e atleta, vejo que é uma oportunidade de mostrar para as pessoas um pouco da nossa realidade. Me sinto privilegiada por poder participar de alguma forma de um evento tão representativo para o esporte como as Olimpíadas, no meu caso, as Paralimpíadas. É algo para guardar para sempre”
Maria Pereira dos Santos, 43 anos
É lençoense e atua como intérprete de Libras para alunos com deficiência auditiva na E.E. Rubens Pietraroia. Foi selecionada pelo Bradesco.
FRASE
 “Só de imaginar que eu vou carregar a tocha olímpica sinto algo indescritível. Não sei nem como explicar. Fiquei muito surpresa. Fui indicada pela minha irmã, que me inscreveu no site, e não esperava que fosse ser escolhida entre tantas pessoas. Essa é uma oportunidade única e estou muito feliz. A cada dia que passa, só de saber que está chegando a hora eu fico mais ansiosa”
Leonardo Cardoso Santana
É lençoense e cursa o 3º ano do ensino médio na E.E. Virgílio Capoani, além de jogar no time handebol local. Foi selecionado pela Coca-Cola.
Gabriel Pereira Costa
É lençoense e trabalha como auxiliar de produção, além de ser praticante de ciclismo e mountain bike. Foi selecionado pela Coca-Cola.
Fabiana Maria Franceschi Costa e Silva
Mora em Jaú, onde administra uma empresa que produz ossos artificiais para a área médico-odontológica. Foi selecionada pela Nissan.
Dagoberto do Nascimento Alasmar
Mora em Jaú, onde trabalha como designer gráfico e pratica tênis de mesa adaptado para cadeirantes. Foi selecionada pela Nissan.
Ana Lucia Dalaqua Paschoarelli Nascimento
É lençoense e trabalha há 18 anos na área de atendimento ao cliente na agência local dos Correios. Foi indicada pelos Correios.
José Luiz Andreucci Júnior
É de São Paulo e atua como diretor de infraestrutura na NET. Também já foi jogador profissional de basquete. Foi indicado pela NET.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia